Responsável por implementar e incorporar tecnologia ao tratamento do câncer, é a função de um Físico Médico: Saiba mais!

A especialidade de Física Médica é pouco conhecida, porém muito importante e essencial para garantir a administração da radiação ao paciente de forma segura e efetiva no tratamento da radioterapia.

No Instituto do Câncer do Hospital Imaculada Conceição contamos com o profissionalismo da física médica Marília Lisboa que atua na Radioterapia trabalhando em colaboração com o médico Radio-oncologista no planejamento do tratamento de cada paciente.

Qual é o papel e como é o trabalho do Físico Médico na Radioterapia?

O Físico Médico atua na Radioterapia trabalhando em colaboração com o médico Radio-oncologista no planejamento do tratamento de cada paciente. É responsável por implementar e incorporar tecnologia ao tratamento do câncer, garantindo uma entrega precisa de dose de radiação conformada ao tumor, protegendo tecidos e órgãos sadios adjacentes.

Ele é o responsável pela determinação dos melhores ângulos de incidência dos feixes de radiação na Teleterapia, pela precisão na localização do volume alvo a ser irradiado, pela confecção das curvas de distribuição de dose em profundidade, pela execução dos cálculos da dose de prescrição determinada pelo Radio-oncologista, controle de qualidade paciente-específico pré-tratamento e pela determinação do tempo tratamento na modalidade de Braquiterapia.

O Físico Médico também tem uma relação estreita com a equipe de técnicos e tecnólogos de radiologia, orientando-os quanto ao posicionamento diário do paciente, bem como no uso correto dos acessórios especiais de imobilização de cada paciente.

É o Físico Médico que também executa os controles de qualidade periódicos dos equipamentos emissores de radiação e demais softwares e hardwares envolvidos no tratamento. Além disso, é o responsável pela aplicação prática das diretrizes e normas relativas à segurança e Proteção Radiológica da equipe e dos indivíduos do público presentes no Serviço de Radioterapia, atendendo aos requisitos exigidos por instituições regulatórias como a Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Realiza ainda de forma periódica cursos de treinamento e reciclagem da equipe em Proteção Radiológica e Física.

Qual é a formação para se tornar Físico Médico?

Para atuar como Físico Médico é preciso fazer graduação em Física Médica ou em Física e especialização (residência multiprofissional ou mestrado) nas diversas áreas da Física Médica.

É um ramo da Física essencialmente multidisciplinar, pois ela articula conhecimentos e técnicas específicas da Física, Biologia e Medicina. Atualmente, o profissional físico médico tem ampla área de atuação: trabalha principalmente nas áreas de Radiologia diagnóstica e intervencionista, Medicina Nuclear, Radioterapia, Proteção Radiológica, metrologia das radiações, Biomagnetismo, Biofotônica, processamento de sinais e imagens biomédicas, ensino e pesquisa, entre outras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja como você pode fazer a sua doação.

Central de atendimento

Ligue para o telefone (38) 3721-3399 e fale com um de nossos agentes.

Débito na Conta da CEMIG

É rapidinho! Autorize pelo telefone (38) 3721 3399 ou (38) 9 9149 0061.

Depósito Bancário

Você pode optar pelo depósito bancário no Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Sicoob Credpit.

Mensageiro Solidário

Nas visitas de nossos mensageiros, você escolhe como quer fazer sua doação: dinheiro, cheque e cartão de crédito ou débito.

Pagamento Online

Rápido e seguro, você pode doar através do ambiente segura da Cielo via cartão de crédio ou débito.

Abrir chat
1
Olá,
Podemos ajudar?